Topografia Afetiva

Sesc Pq. Dom Pedro II

parceria com Assalto Cultural

Uma praça no coração da cidade

O local era inóspito, quente, inteiro de asfalto. Precisava de  um desenho que abraçasse as pessoas, que convidasse a relaxar, e brincar.

Porque brincar? A maioria dos usuários do Sesc Dom Pedro II são crianças do bairro Glicério, moradores dos bairros da redondeza, que precisam de lugares de atividades e de lugares de afeto. Dentro dos contêineres tem uma pequena biblioteca com sala de leitura, uma sala de jogos, um lugar confortável para os bebês.

O deck de madeira foi pensado para se integrar à programação lúdica e ser a plataforma que permite que os espaços internos sejam acessados por todos, cadeirantes, carrinhos de bebês, pessoas com dificuldade de mobilidade. Isso porque rampas suaves fazem a ligação para o nível do piso dos contêineres.

E como trazer um pouco de verde para o lugar? Que tal se o chão subisse e formasse lugares para sentar, floreiras, objetos para brincar, oportunidades para escalar. Usando a topografia foram criadas oportunidades para plantio, já que era impossível plantar no piso existente.

O resultado é um deck que se molda às necessidades das pessoas e do lugar para trazer aconchego e conforto.


Ficha técnica:

Status: Construído

Autores: Ateliê Navio e Assalto Cultural

Arquiteto Responsável: Ursula Troncoso

Localização: São Paulo - SP

Ano de conclusão da obra: 2017

Área total construída: 300m²

Colaboradores: Talitha Rodrigues

Fotografia: Pedro Napolitano Prata